BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

30 de ago de 2008

Alguma coisa acontece...

Toda hora penso no que postar, mas ando sem criatividade e um pouco sem paciência pra Internet...

Sempre penso em várias histórias legais pra colocar aqui mas, me deparo com a tela luminosa do monitor e... PUF! A história e todas as palavras somem, assim... de repente.

Como acabou de acontecer.

Vim aqui pra postar uma das minhas histórias fantásticas e... e nada né!?
De novidade mesmo só que uns amigos meus que eu amoooo vieram passar uns dias com a gente aqui na ilhota.
Pra vocês fica só a fotinho do nosso role!

(Acho que ando meio desligada....)
Mesmo assim, boas vibrações!

Foto: Noixx (temporizador)
Escorregou, morreu

26 de ago de 2008

Dor de cotovelo


Tatuagem é de verdade, dói e não sai mais... NUNCA MAIS!
Eu com as minhas 4 tatuagens sei bem disso.

Algumas pessoas fazem tatuagens para marcar uma época da vida, uma boa ou uma má fase, pra deixar viva a lembrança de alguém, ou algo que simbolize alguém ou alguma coisa.
Conheço pessoas que não podem passar na porta de um estúdio ou acompanhar uma amiga que não se agüenta, já sai logo com uma marca.

Tem gente que faz qualquer coisa e depois se arrepende, tem gente que acha que vai fazer algo legal e fica uma óstia, tem gente que pensa, pensa, pensa e quando faz acha que era melhor não ter feito e tem gente que faz só por fazer, só porque tá na moda.

Ah! Também tem aqueles que não fazem por achar que a própria loucura é não ter nenhuma mancha numa terra de marcados.

I SAY FUCK THE FASHION! Eu gosto mesmo é da arte, e digo mais... tatuador é que nem cabeleireiro: não dá pra trocar, assim, de repente.

A última das 4 que tenho pensei pouco e tentei agir de acordo com o meu impulso. A tattoo é legal, idéia minha, mas acho que deveria ter esperado um pouco mais. Não estou arrependida, apenas acho que deveria ter pensado melhor.
Só isso. E ponto final.

Eu, que nunca pensei em fazer tattoo para os outros fiz a mais nova no cotovelo. Pequenos coraçõezinhos em homenagem à minha filhota Cicinha. Achei óóóótima e estou apaixonada por ela.
Mas... essa doeu viu... oooo dorzinha chata!
Todas elas tem um significado pra mim, e não para os outros.
Agora os corações, é muito amor.

Mas, a minha favorita continua sendo o Buda nas costas.
Toda a energia positiva para o mundo e para os meus.

Porque eu sou assim, positiva, e vibro rosa... para o MUNDO!

Para Rafa, Cicinha e eu!
Porque EU AMO e marco pra sempre na pele.

Boas vibrações!

19 de ago de 2008

?! Fun for me ?!

i dreamt that I was dreaming
i was wired to a clock
tickled by the minute hand
tick tock tick tick tock


dream I'm on a train and it is making music
don't remember getting on
clickity click clickity clicki


dreamt that I was very tall
i was bigger than king kong
heard the bells the bells are ringing
a ding dong a ding dong


dream that i am sitting in the devil's company
he gave a solemn promise fe fi fo fun for me
i dreamt that i was chasing the monster out of me
i caught him in the corner ha ha hee hee hee hee

dream i'm in a tunnel between here and now
scooby doobie where would you be?
bow wow wow wow


i dream i'm at a crossroads no place left to go
i look in each direction eenie meanie miny moi
dream that i am spying it's you i'm looking at
there's a knocking at the window a rin tin tin tin a rin tin tin


dream i am an ostrich head deep in the sand
there is a rhythm that's a playing fantastic elastic band
dream that the bogeyman went down on Mr. Spock
sugar was a flowing sock it to 'em sock

i dreamt i saw a moo cow jump across the moon
just a flight of fantasy zoom zoom zoom
dreamt i met a spaceman who took me to a ship
you know he cut my hair off snip snip snip

dreamt that i was sleeping asleep for heaven's sake
the dream that i was dreaming it caused me to awake


dreamt i was way up i was standing on the top
with the feeling i was falling bop beep bop

dreamt that i was jumping in a circus through a hoop
someone shut the lights off shoo-be-doo

dreamt that i was fast i was never shutting up
i was going in a hurry i was giddy-up giddy-up

dream i'm in the park i'm standing in the nudey
i'm getting what i wanted tootie fruity tootie fruity

fe fi fo fun for me fun for me

dreamt I was dreaming i was wired to a clock
tickled by the minute hand tick tock tick tick tock
dream I'm on a train and it is making music
don't remember getting on clickity click

dreamt that i was very tall bigger than king kong
heard the bells are ringing a ring ding dong

dream i am an ostrich deep in the sand
rhythm is a playing fantastic elastic band

Moloko
Fun for me

18 de ago de 2008

Paraísos Artificiais

Chegaram na Vila e foram até o Estaleiro do Futuro (supposed to find Ms. Melissa).

Ele pediu cerveja, ela caipirinha.
Lá encontraram amigos de outras horas (except Ms. Melissa), engraçadíssimos por sinal, e muita coisa já aconteceu, mesmo sem nada na cabeça.
Conheceram o Bidico, caiçara tradicional que depois descobriram que foi confundido com o pai de uns amigos, não de propósito claro, mas é bem difícil duas pessoas terem o mesmo apelido, ou melhor, este apelido.
Enfim, caipirinhas vão e caipirinhas vem (literalmente) e a noite é uma criança, ops, uma biba. Aniversário de dois mega queridos, roomates dela de outrora em outro bar bem próximo; colado na verdade, era uma questão de dobrar a esquina.

E como todo dia de festa merece uma comemoração à altura dos dois, prepararam claro, algo especial para a noite. E lá foram os dois e os amigos dobrando a esquina.
Esquina paranóia delirante.
Quando chegaram ficaram numa boa. No canto esquerdo, numa mesa só com balde de gelo (dá o clima da noite).
Noite e companhias agradáveis. A noite estava ótima, mas ela tomou tanta água que logo foi ao banheiro. Alguma coisa estava diferente, mas ela ainda não sabia dizer bem o que era.

(No banheiro)
Ela ficou aproximadamente 4 minutos na fila e percebeu que o que estava diferente era sua sensibilidade, tanto física quanto psicológica e começou a se perceber mais.
Era uma loucura. Os pés dentro da bota que há muito não usava estavam com uma sensação de formigamento e o corpo com uma leveza tão alucinante que ela, por pouco, não perde sua vez no banheiro.
Quando voltou chegou até a comentar com o amigo que agora a balada poderia esvaziar que ela ficaria ali numa poderia. Queria parar mas não conseguia.

(Voltando à mesa)
De repente ela olha pro lado e quem adentra o lugar é um dos mais novos amigos deles. E tava tudo mais ou menos quando ele chegou, afinal ele já havia tomado meia CAIXA de cerveja em casa. Mas ele apareceu, sozinho, e aposto que foi ótimo pra ele de repente achar que poderia ser um erro estar ali naquela hora e de repente, ele tomar 2 copos (palavras dele) de whisky na faixa. Na verdade, 2 copos grandes foi o que o amigo lembrou no dia seguinte, mas ela, que estava só de água a noite inteira sabia bem que 2 não era nem a metade do que tinha rolado ali.
Quando ela com o namorado do lado do DJ, aí ferrou. Era tanto louco junto que ela não conseguia dar conta. Seus maxilares doiam e os olhos já não mais abriam de tanto que dava risada. Mas a imaginação continua fértil, como poucas vezes.
Ela dançava como se ninguém estivesse olhando e voava, ele a admirava, o amigo tomava mais um copo, os outros amigos... estavam sempre lá. Daquele jeito.

E ela foi mais uma vez ao banheiro...
Até encontrou um amigo antigo de sua cidade natal que perguntou: -"O que VOCÊ está fazendo aqui?". E ela pensou -"Hey amigo, você que tá de turista aqui. Porque eu já estou há 2 anos por estas praias."
Quando saiu foi procurar o namorado, mas ele não estava e um amigo disse a ela que ele tinha ido encontrar outro amigo de SP no Estaleiro do Futuro. E lá foi ela atrás dele e do Kbra.
Encontraram-se, mas como ela não parava resolveu voltar. Quando voltou a balada estava melhor do que nunca, ou ela começou a reparar nisso mais do que nunca.

Enfim foram tantas cenas indescritíveis nesta noite. Pena que ela não lembrou de todas...
Tinha coisa até que deveria ser proibida como disse o amigo na hora em que ela e ele viram uma moça gorda apoiada no balcão do bar com o balanço no peito e com um gingado e um olhar 43 em cima de outro moço indescritíveis.
No final, os namorados ficaram preocupados com o amigo, mas ele estava bem tranqüilo (palavras dele). E sabe com terminou a noite? Na casa de uma amiga:

- "FLAVIA MELISSAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!"

Ai, Ai esses paraísos artificiais de Aldous Huxley...

P.S: Essa história aconteceu com o amigo de um amigo de um amigo meu.

Boas vibrações!

17 de ago de 2008

Paraísos Artificiais - Curtas




Cena 1:
(Protagonistas: Bruno e Priscila)

Ele: -"Ainda bem que por aqui ainda não tem bafômetro... pelo menos no caminho até o Sul".
Ela: - "Porquê? Não entendi".
Ele: -"Porque eu não sei nem como vou parar o carro naquele lugar. Pensei em largar na estrada com o pisca alerta ligado"...

Ele e Ela: KAKAKAKAKAKAKA!!!

Cena 2:
(Priscila, Rafa Yamada, Bruno, Felipe, Cássio, Tico)

Ela: - "Genteeeeee, quero parar mas não consigo!"
Ele: - "Então voa amore, vooooa".

3ª Cena
(Protagonistas: Priscila, Vinnie e Bruno)

Ele: -"Vou participar das Paraolimpíadas. 100m com muletas".
Todos: - "KAKAKAKAKAKAKA!!!"
Ela: - "As muletas são ótimas pra você Vinnie. Quem ficar na passagem é só de muletada no $%!" (sorry guys!)

Todos: "Pula Pirata"

Atrapalhações e loucuras de um sábado à noite...
Tem dias que a noite é foda!


Boas vibrações!

9 de ago de 2008

The Way Back

Estação Marechal Deodoro
Baldeação: Sé
Baldeação: Paraíso
Consolação

Jd. João XXIII
Av. Rebouças
Raposo Tavares

Marginal Tietê
Ayrton Sena
Carvalho Pinto
Tamoios

Caraguatatuba
São Sebastião

It's a beautiful island, can't you see it?!
Ufa! Voltei!
Boas vibrações!

7 de ago de 2008

É assim que a gente gosta!

A gente gosta de morar em Ilhabela, de passear com as filhotas
Como se fosse o evento do ano porque vira tudo uma bagunça só;
A gente gosta de caminhada, pôr do sol e cachoeira
(mesmo ainda não tendo feito tais coisas juntas);
A gente gosta de se atrapahlhar (até nas palavras) e ficar vendo o tempo passar;
A gente gosta de ORIGAMI e ORIGANG porque é um aprendizado a cada vinco que se faz;
A gente gosta é de aproveitar a vida.

Por isso tudo e muito mais a gente gosta de apoiar nossos namorados,
Adoramos ver eles seja velejando e fazendo novas e importantes amizades,
Seja eles fazendo tattoo por um precinho camarada
Porque sabe que isso será bem importante no futuro

Graças a isso muita coisa pode estar garantida,
Seu emprego,
Meu trabalho como fotógrafa,
As despesas de nossas filhas graças ao kite,
Nossa vida como uma família.

A gente gosta dos namorados que servem pra alguma coisa!


P.S: Namorados de plantão, por favor não se zangem.
Isso foi só pra render um post legal!
Vocês servem pra muito mais do que isso! That's why we love you!

Aos desconhecidos e indesejáveis

Sim, para a tristeza de vocês e alegria do casal e do casal AMIGO do casal, estamos bem. Afinal acredito que seja esse o motivo de tamanha fuxicação nos meus sites pessoais: ORKUT, BLOGs e o que mais tiver que nem eu sei.

Aqui estão algumas novidades pra vocês, xeretas, desconhecidos e indesejáveis:
* Sim, Eu e meu namorado estamos morando juntos há um ano quase, já temos uma filha e estamos programando a chegada de mais uma.
* Sim, eu sou agora a mais nova amiga de infância da ex do meu namorado. Só pra vocês terem uma idéia do quanto as coisas fluem bem entre a gente.
* Sim, também o casal de amigos mais próximos na Ilhabela também está bem. Ambos estamos na correria para o futuro. É tipo aquela pergunta "Como você se vê daqui 5 anos?".
Bom eu, Priscila Rocha, me vejo bem feliz no campo pessoal (onde já estou) e no profissional.
Para aqueles que ainda não sabem (essa para amigos) agora eu sou fotógrafa e toda semana venho pra Sampa fazer o meu curso. Aliás, minha carona para a Babylon é a ex do meu atual.
Para os pouco desenvolvidos é bem difícil de acreditar. Já para os mais evoluídos é mais do que natural.

Mas gente até entende... por isso somos tão pacientes com vocês, desconhecidos e indesejáveis.
O problema é que tanta fuxicação tá ficando chato. Na verdade JÁ ESTÁ bem chato.
Esse negócio de entrar no orkut para fuxicar a minha página com a senha da amiga pra mim não cola... ainda mais quando a amiga tem fotos suas pra eu saber bem quem você é.
2 dicas: ou desative o cagueta do orkut, pelo menos porque NÓS já não aguentamos mais a paranóia de vocês, ou simplesmente arrume alguém ou o que fazer pra ser mais feliz porque quem vive de passado é museu!
Como os desconhecidos e indesejáveis só chegam até aqui ou até ali por meio das nossas páginas no orkut, fica só um lembrete (que já está no orkut, mas a curiosidade deve ser tanta que nem dá mais tempo de ler): NÃO tem NADA pra vocês aqui! STAND OUT!

Sem mais,

Boas vibrações!
Foto site Olhares
"Nem sempre estamos com vontade de encarar"
Pra bom entendedor uma foto basta!
Chá de simancol galera!


2 de ago de 2008

Dia Nublado



E ela chora por não achar justo
Porque não acredita que ele possa pensar que,
Algum dia, em toda a vida dela junto a ele,
Ela se referir-se-ia a ele desta forma.

Chora por vê-los chegarem a casa e continuarem sem se olhar nos olhos
Ou dizer quaisquer palavras, de amor ou ódio.
Até a hora de dormir.

Vão dormir calados.

Chora por ele ser assim:
Gostar de interpretar as coisas que ouve
Sob um ponto de vista próprio.
Não entende o que as palavras realmente querem dizer.

Ela chora e ele finge que não vê.

Ele tenta mostrar que está bem
Em seu pedestal cheio de ego,
Borbulhando a todo vapor.

Sabe que ela o olha,
Mas não retorna o olhar.

Tem bastante lugar perto de mim...

Mas você...
Você finge que não vê!


Boas vibrações!